domingo, 24 de fevereiro de 2008

off: Palpites para o Oscar 2008

Faltando poucas horas pra festa do Oscar, com a histeria já devidamente instalada pelo mundo afora, posto meus humildes palpites, vamos ver se erro muito.

Legal que os Irmãos Coen, antes marginais da indústria, sejam agora os favoritos (embora tenha gente que acredita que Sangue Negro e Juno têm chances reais de levar), as coisas andam diferentes em Los Angeles. Não tenho em mente nenhum favorito (dos que concorrem, só assisti Desejo e Reparação, Juno, Ratatouille, O Ultimato Bourne, Piratas do Caribe: O Baú da Morte, Transformers, A Bússola de Ouro e Encantada), mas simpatizo pelos filmes do Coen, mesmo sem tê-lo visto, e também pelo P.T. Anderson, que é um cineasta do qual gosto. Coisa estranha torcer sem ver (daí mudar de opinião depois), mas é o jeito.

Dos que eu vi e concorrem a melhor filme, Desejo e Reparação, com algumas falhas, mas por fim um belo filme, seria uma escolha mais atraente do que o amado Juno, que eu achei apenas razoável – o hype em torno dele está sendo totalmente exagerado. O filme de Joe Wright (que deveria ter sido indicado no lugar do Jason Reitman) deve levar figurino e trilha sonora também.

Só torço contra mesmo o Julian Schnabel, que vai fazer história se levar, afinal o seu filme O Escafandro e a Borboleta não está concorrendo a melhor filme ou filme estrangeiro. E embora na categoria d emelhor atriz ocorra uma forte disputa entre a Julie Christie e a Marion Cottilard, não duvido se a Laura Linney leve a estatueta. Mas zebras nessa categoria não ocorrem há anos, e este tipo de obviedade que o torna o Oscar cada vez mais sem graça. Na categoria de melhor ator, embora muitos apostem o fígado no smepre excelente Daniel Day-Lewis, não duvido nada se der Johnny Depp, afinal depois que ele se tornou lucrativo, virou um queridinho da Academia. De resto estou indiferente à premiação, e espero que seja uma noite divertida.

Aqui vão os palpites:

FILME / DIREÇÃO / ROTEIRO ADAPTADO:

Pra quem eu torço: Onde os Fracos Não Têm Vez
Quem eu acho que leva: Onde os Fracos Não Têm Vez

ROTEIRO ORIGINAL:

Pra quem eu torço: Ratatouille
Quem deve levar: Juno

ATOR:

Pra quem eu torço: Johnny Depp (Sweeney Todd)
Quem deve levar: Daniel Day-Lewis (Sangue Negro)

ATRIZ:

Pra quem eu torço: Julie Christie (Longe Dela)
Quem deve levar: Marion Cottilard (Piaf – Um Hino ao Amor)

ATOR COADJUVANTE:

Pra quem eu torço: Javier Bardem (Onde os Fracos Não Têm Vez)
Quem deve levar: Javier Bardem (Onde os Fracos Não Têm Vez)

ATRIZ COADJUVANTE:

Pra quem eu torço: Tilda Swinton (Conduta de Risco )
Quem deve levar: Tilda Swinton (Conduta de Risco )

Filme estrangeiro e outros: indiferente/não faço idéia.

5 comentários:

Heron disse...

Acho que o filme dos Coen leva filme, diretor, ator também... para atriz eu torço para Laura Linney, tomara que ela ganhe... acho que Ratatouille não leva o de roteiro, mas o de trilha sonora, acho que tem chances ... Roteiro Adaptado acho que vai para Sangue Negro, tipo um prêmio de misericórdia, sei lá... engraçado, esses dias passou na TV aquele MENINA MÁ.COM, sabe qual é? Um filme tosco, mas até legalzinho com essa Ellen Page... ela subiu de vida ein!

João Daniel disse...

Torço pros Coen.
E não duvido que dê Linney,só espero quea francesa careteira não ganhe.
(Anderson ganhando tb n seria tão grave...)

Geo disse...

Ô ju, achei a francesa tão legal nos agradecimentos...nem vi Piaf ainda, mas super simpatizei com ela...
Eu amo a Cate sempre mas achei ótimo a Tila ter ganhado, ela é o máximo tb. Só achei feio ela ter roubado o vestido da vó p/ ir pra festa, mas ok.
A Globo me deprime mt, aquela comentarista tosca trocou a Hillary pela Jenny Gardner e ainda por cima errava toda hora o número de prêmios p/ onde os fracos não têm vez - sendo q ela que tava comentando. Da próxima vez quero ver com vcs!!

Saudades gato...naquela hora ne deu p/ fazer o bolão pq eu tava indo p/ um show aqui na concha.. =//

arkadin disse...

E aí, tudo bem? Por suas apostas, imagino que tenha gostado da festa do Oscar, não? Eu gostei muito do filme dos Coen, mas queria mesmo que o PTA ganhasse. Acho Sangue Negro primoroso, sobretudo na primeira metade. Vi todos e só não curti muito o Tim Burton. Mas acho que merece uma revisão, mesmo assim. Vou arriscar e encarar aquela cantoria novamente. Gostei de Juno, mas pra mim é tão superestimado quanto "Ligeiramente Grávidos". Tarantinos à parte, tenho antipatia por filmes que transpiram cultura pop no roteiro, mas quando Juno compara Herschell Gordon Lewis a Argento, me rendi, confesso rsrsrs Mas adorei mesmo foi "Paranoid Park", é emocionante e dá novo fôlego à carreira de Van Sant. Julio

João Daniel disse...

Nem torcia pra tal francesa Geo,mas realmente ele foi muito simpática e entusiasmada nos agradecimentos,deve ter tomando uma bala antes da festa começar.

E Julio,a cerimona em si foi muito sem graça e pálida,mais do que o habitual, pelo menos foi rápido.
se desse Juno,filme q n gosto,n ia me afetar,Oscar já n me irrita mais,mas curti sim o resultado,os Coen merecem esse tipo de reconhecimento,nem se for pelo conjuto de sua obra.

Essas cenas deJuno,em q ela discute esses filmes e discos,são realmente bacanas,mas fake, q nem qse tudo do filme. Não sou fã.